Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Polémica visita do Presidente Ruandês a Paris

Áudio 04:50
Nicolas Sarkozy, Paul Kagame.
Nicolas Sarkozy, Paul Kagame. AFP/Reuters

O Presidente Ruandês Paul Kagame efectua desde domingo e ainda até esta terça-feira a primeira visita de um chefe de Estado Ruandês a França desde o genocídio de 1994, uma página do passado recente do país cujos reflexos se fizeram sentir nas relações com a França, uma vez que ainda recentemente o Ruanda acusava militares franceses de terem tomado parte no genocídio e de inclusivamente terem ajudado genocidiários a fugirem do país.

Publicidade

Apesar de um certo mal-estar em volta dessa deslocação, o Presidente Ruandês minimizou hoje a polémica referindo que não pretendia exigir da França um pedido de desculpas pelo seu alegado papel durante o genocídio Ruandês. Com efeito, durante os seus contactos com as autoridades Francesas, evocou-se sobretudo a eventualidade de parcerias económicas.

Todavia, Paul Kagame não pôde deixar de ser interpelado por algumas organizações de defesa dos direitos humanos, designadamente a Human Rights Watch, sobre a situação dos direitos do homem no seu país. Esta é uma das questões abordadas pelo Director da Human Rights Watch em Paris, Jean Marie Fardeau.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.