Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Milhares de alunos fora do sistema de ensino em 2012

Milhares de crianças fora do sistema de ensino em 2012.
Milhares de crianças fora do sistema de ensino em 2012. Jeffrey Coolidge/Getty Images

Arrancaram, esta terça-feira, as inscrições para o ano lectivo 2012. Cerca de dois milhões de novos estudantes vão ingressar nos vários subsistemas de ensino. Mas o número de vagas é insuficiente e milhares de crianças ficam fora do sistema de ensino. 

Publicidade

O ano lectivo 2012 fica marcado pela contratação de oito mil novos professores para o ensino primário e a construção de 932 escolas de ensino geral e três de ensino técnico profissional. Contudo, o número de vagas para novos ingressos é insuficiente.

Segundo o porta-voz do Ministério da Educação, Eurico Banze, desta novas vagas, mais de um milhão destinam-se ao ensino primário, 450 mil para o preparatório, 169 mil para o ensino secundário e 50.654 para a 11.ª classe. A própria tutela reconhece que o número de vagas ainda é exíguo e "não corresponde às necessidades".

Em 2012, o efectivo escolar moçambicano vai perfazer 6.4 milhões de alunos no ensino geral, que vão frequentar as aulas em 11.557 estabelecimentos de ensino, orientados por cerca de 100 mil professores.

O acesso à educação básica de qualidade é um dos Desafios do Milénio, traçados pela ONU.

Com a colaboração do nosso correspondente em Maputo, Orfeu Lisboa.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.