Acesso ao principal conteúdo
MOÇAMBIQUE/VIETNAME

Moçambique cede terras ao Vietname

Moçambique tem cedido terras a parceiros externos.
Moçambique tem cedido terras a parceiros externos. Miguel Martins/RFI

O governo moçambicano disponibilizou a empresários vietnamitas terras em Nampula, norte do país, nomeadamente 30 000 hectares de solos aráveis para o processamento de castanha de caju, mandioca e madeira.

Publicidade

Este acordo ocorreu no término de uma visita de uma delegação vietnamita a Moçambique incluindo empresários desse país asiático.

Oriundos da província vietnamita de Binh Phuoc os empresários averiguaram na província nortenha de Nampula as condições para o plantio e processamento de caju e mandioca que poderiam vir a ser escoados através do porto de Nacala.

Jeremias Vunjanhe, assessor de imprensa da organização não governamental Justiça ambiental, denuncia a atribuição de terras aráveis a grupos externos, em detrimento dos pequenos agricultores moçambicanos.

Entre 2004 e 2009 o governo de Maputo concedeu 2 milhões e meio de hectares de terras o que equivale a 7% de toda a terra arável de Moçambique. Metade desse valor teria sido concedido a estrangeiros de acordo com um estudo agora revelado pelo Oakland Institute.

Um fenómeno com o qual confrontámos Jeremias Vunjanhe.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.