Acesso ao principal conteúdo
Angola

Bloco Democrático vai apelar ao voto na oposição

Filomeno Vieira Lopes, secretário-geral do Bloco Democrático
Filomeno Vieira Lopes, secretário-geral do Bloco Democrático DR

O Bloco Democrático (BD), partido que viu rejeitada a sua candidatura às eleições gerais de dia 31 de Agosto em Angola, anunciou que vai orientar os seus eleitores a votarem nas forças políticas da oposição. Os contactos já começaram com a UNITA, CASA-CE, e PRS.

Publicidade

Filomeno Vieira Lopes, secretário-geral do partido, explicou-nos as propostas apresentadas aos partidos da oposição, que na opinião do mesmo devem estar unidos no desenvolvimento de um sistema democrático em Angola.

Entretanto a UNITA, maior partido da oposição, colocou hoje em Luanda a hipótese de não participar nas eleições gerais de 31 de Agosto por alegada falta de condições, designadamente as ilegalidades que aponta à condução do processo eleitoral.

Em conferência de imprensa, Isaías Samakuva, presidente da UNITA, salientou que o partido mobilizará "todos os angolanos" para que o resultado da eleição "reflita de facto a vontade dos angolanos e não a vontade do inquilino atual da Cidade Alta (referência a José Eduardo dos Santos), nem a vontade dos computadores da Indra, nem a vontade da CNE".

Para Sábado, está marcada em Luanda uma manifestação anti-governamental, convocada pelo auto-denominado "Movimento Revolucionário", ligado a anteriores acções de protesto, para exigir o afastamento de José Eduardo dos Santos.

Os organizadores da manifestação pretendem realizar uma marcha até ao Tribunal Constitucional angolano, depois de uma concentração de manifestantes junto ao Mercado de São Paulo.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.