Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Enfermeiros moçambicanos querem aumentos salariais

Enfermeiros e técnicos de saúde moçambicanos
Enfermeiros e técnicos de saúde moçambicanos PhilippN/Wikipédia

Neste dia internacional dos enfermeiros, em Moçambique, a classe aproveitou para exigir ao governo moçambicano melhores condições de trabalho e aumento dos salários.

Publicidade

"Os avanços conseguidos não deve levar-nos a ignorar as dificuldades e constrangimentos que o sector da saúde enfrenta", afirma Samuel Bunuar, secretário permanente do governo provincial de Tete, no centro de Moçambique, mostrando-se assim compreensível em relação às reivindicações dos enfermeiros moçambicanos.

 

Para além dos enfermeiros, os próprios médicos dizem ir continuar a reclamar melhores salários, na medida em que não ficaram satisfeitos com o aumento de 15 por cento dos salários, anunciados pelo governo.

 

De Maputo, o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

 

 

Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.