Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Confrontos entre força de intervenção e homens armados fizeram 5 mortos no centro de Moçambique

Mapa mostrando província moçambicana de Sofala
Mapa mostrando província moçambicana de Sofala DR

Violência e tensão em Moçambique, após confrontos este domingo, 16 de junho, entre a força de intervenção rápida e homens armados que tentaram assaltar a zona do paiol de Savane, no centro do país, provocando 5 mortos e vários feridos.

Publicidade

A notícia foi dada por uma televisão moçambicana independente, STV, que atribui a morte de cinco pessoas, a uma acção de homens armados da RENAMO que tentaram tomar de assalto o paiol de Savane, na província de Sofala e que provocou a debandada de centenas de pessoas.

 

De notar porém, que as autoridades policiais moçambicanas confirmaram os incidentes, sem atribuir a autoria à RENAMO, que do seu lado, afirma não ter nada a ver com a tentativa de assalto ao paiol de armas.

 

De Maputo, o nosso correspondente, Carlos Jossia.

 

Carlos Jossia, correspondente em Maputo

 

Para Rahil Khan, ministro do Interior do governo sombra da RENAMO,  "há qualquer coisa que está a ser atribuída ao seu partido, mas que o seu partido não assume".

 

 

Rahil Kahn, dirigente da RENAMO

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.