Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Malária perde terreno no mundo

Áudio 05:45
As redes mosquiteiras, como aqui em Angolares, são um dos métodos de luta contra o paludismo (ou malária) em São Tomé e Príncipe
As redes mosquiteiras, como aqui em Angolares, são um dos métodos de luta contra o paludismo (ou malária) em São Tomé e Príncipe Miguel Martins/RFI

A Organização Mundial da Saúde divulgou hoje um relatório informando que a malária recuou de 29% no mundo e de 31% na África.Entretanto este avanço poderá ser comprometido se não aumentarem os recursos necessários ao combate do parasita e do mosquito.O director do Programa Global contra a Malária da OMS, Robert Newman, é o convidado de Rui Martins, correspondente da RFI em Genebra, na Suíça. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.