Acesso ao principal conteúdo
Convidado

O guineense Carlos Lopes diz que África está muito perto de reduzir a pobreza

Áudio 06:53
Carlos Lopes, secretário executivo a comissão ecónomica das Nações Unidas para África
Carlos Lopes, secretário executivo a comissão ecónomica das Nações Unidas para África Neidy Ribeiro/RFI

Nos próximos anos são muitos os desafios para o continente africano, a boa noticia é que África está com uma previsão de crescimento de 6%, ou seja, muito perto de atingir o número mágico dos 7% o que permitiria reduzir a pobreza no espaço de uma geração. O guineense Carlos Lopes, secratário executivo da comissão ecónomica das Nações Unidas para África, à margem da XXII cimeira de chefes de Estado e governo que terminou na sexta-feira em Addis Abeba, na Etiópia, ressalva que essa esperança está muito dependente das políticas que serão adoptadas nos vários sectores.  

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.