Acesso ao principal conteúdo
MOÇAMBIQUE/ÁFRICA DO SUL

Mineiros moçambicanos impedidos de entrar na África do Sul

Mineiros na África do Sul
Mineiros na África do Sul REUTERS/Siphiwe Sibeko

Mineiros moçambicanos concentraram-se hoje em Maputo em aos escritórios da empresa TEBA para denunciar a situação que os impede de retomar o seu trabalho na África do Sul. As autoridades do país vizinho exigiriam doravante a apresentação de um passaporte biométrico para permitir a entrada dos mineiros.

Publicidade

Os referidos mineiros alegam nunca ter sido prevenidos desta exigência, nem pelas autoridades sul-africanas nem pelas moçambicanas... e nem, mesmo, pela empresa TEBA que os emprega na África do Sul.

Tratavam-se de mineiros que estavam a gozar um período de folgas e ou férias em Moçambique e que pretendiam regressar aos respectivos postos de trabalho.

Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo, acompanha o caso.

Milhares de moçambicanos trabalham em várias minas sul-africana, nomeadamente, nas áreas do ouro e da platina.

Um sector em plena convulsão com greves que se arrastam há largos meses, um problema que o poder do presidente Jacob Zuma parece ter dificuldade em resolver.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.