Acesso ao principal conteúdo
Convidado

João Sousa: "Kinshasa, capital do Congo belga, foi o epicentro do vírus HIV-1 da Sida"

Áudio 11:33

O nosso Convidado é João Sousa, Virólogo português, da Universidade Católica belga Luvaina ou Lovain-la-Neuve, que com outro português, Nuno Faria, investigador de Filogenética, da Universidade inglesa de Oxford, fazem parte da equipa científica, que descobriu que um dos vírus da SIDA, o HIV-1, surgiu na década de 1920, do século passado, no território da actual República democrática do Congo, antigo Zaire.Segundo o investigador João Sousa, o estudo da investigação sobre o vírus da SIDA  foi publicado, a 3 de outubro, na prestigiada revista americana, Science: "O principal trabalho é de facto, de Nuno Faria, da [Universidade de Oxfor] que com uma equipa que está ligada também à Universidade de Lovaina, são os principais obreiros desse trabalho. Agora, eu contribuí, com dados históricos sobre as cidades coloniais (...). O artigo estabelece: o epicêntro do vírus, o HIV-1, foi a cidade de Kinshasa, que era a capital do Congo-Belga. Já se desconfiava que essa cidade podia ser o epicêntro, ou seja o local, onde o vírus começou, a propagar-se nos humanos.  Mas este estudo, prova isso." Palavras do cientista português, João Sousa, da Universidade Católica de Lovaina e do Instituto de Higiene e Medicina Tropical, da Universidade Nova de Lisboa.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.