Acesso ao principal conteúdo
Ciência

Odisseia no Espaço para "compreender melhor a vida na Terra"

Áudio 06:30
ESA/ATG medialab

É a primeira vez que um aparelho construído pela Humanidade põe "os pés" num cometa. O robô Philae agarrou-se hoje ao cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko depois de ter viajado mais de dez anos no seio da sonda Rosetta. Em terra firme, os olhos estiveram literalmente postos no céu, como os de Pedro Russo, astrofísico ligado à universidade de Leyden, na Holanda, que explicou à RFI que esta missão pode ajudar a "compreender melhor a vida na Terra".

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.