Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Presidência angolana do Processo Kimberley denunciada na Lunda Tchokwe

Áudio 08:41

O nosso Convidado é José Mateus "Zeca Mutchima", Presidente do Movimento do Protectorado da Lunda Tchokwe, em Angola, com quem vamos analisar a presidência angolana do Processo Kimberley. No momento em que Angola, assumiu, esta sexta feira, 14 de novembro, em Guangzhou, na China, a presidência do Processo Kimberley, organismo internacional de certificação de diamantes, o líder do Movimento do Protectorado da Lunda Tchokwe, afirma não compreender, a decisão da comunidade internacional: " (...) Um governo que tem problemas ligados a questões de violação dos direitos humanos, que tem problemas ligados aos diamantes do sangue, e de repente, a comunidade internacional, conceda a Angola, a presidência do Processo Kimberly, estamos a perpetuar o sofrimento dos angolanos, onde se inclui, também, o povo Lunda Tchokwe (...)" "Gostaria de convidar as Nações Unidas a visitar as Lundas [...] Porque é que não se realiza conferências internacionais dentro das Lundas, para se conhecer as desgraças do povo da Lunda Tchokwe, onde se explora tantos diamantes e que vende quase 90 por cento dos diamantes de Angola?" 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.