Acesso ao principal conteúdo
Ebola/Números

Serra Leoa tem o avanço mais rápido de ebola, diz novo balanço oficial

A OMS alerta que o vírus Ebola continua se espalhando com força em Serra Leoa.
A OMS alerta que o vírus Ebola continua se espalhando com força em Serra Leoa. WHO/C. Black

O novo balanço oficial do ebola divulgado nesta quinta-feira (20) pela Organziação Mundial da Saúde (OMS) diz que a doença já fez 5.420 vítimas em seis países africanos, nos Estados Unidos e na Espanha, de um total de 15.145 pessoas infectadas pelo vírus. Serra Leoa é o segundo país mais atingido com 1.250 mortos em mais de 6 mil casos, e é também onde a transmissão da doença segue “intensa e muito extensa, com 533 casos novos em apenas uma semana”.

Publicidade

Os dados foram coletados até o dia 16 de novembro e indicam um aumento do número de mortes e de infectados em relação ao balanço anterior, publicado há uma semana. A grande maioria das vítimas está na Libéria com 2.964 mortes em pouco mais de 7 mil casos.

No Mali, último país a registrar casos de Ebola, foram 6 casos e 5 mortos. O balanço da OMS indica também que os profissionais de saúde continuam pagando um preço alto na ajuda às vítimas. Dos 584 contaminados, 329 morreram. O balanço anterior, publicado em 14 de novembro, contava 5.177 mortos e 14.413 casos. De qualquer maneira, a OMS alerta que todos estes dados são subestimados, já que há subnotificação.

Na Nigéria e no Senegal, a situação não se modificou nos últimos 49 dias, seguindo com 20 casos no total, sendo oito mortos no primeiro país e apenas um no segundo. As duas nações foram retiradas da lista dos locais afetados pela epidemia.

Fora da África

Nos Estados Unidos, quatro casos foram registrados, mas somente um paciente liberiano, que voltava de seu país, morreu em decorrência da doença. Um médico de Serra Leoa levado aos Estados Unidos morreu no dia 17, um dia após o fechamento do balanço da OMS.

A Espanha teve apenas uma ocorrência, de uma enfermeira que cuidava de dois missionários contaminados e repatriados a Madri, onde morreram em agosto e setembro. A enfermeira acabou curada.
 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.