Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Grécia sob "controle muito apertado" da União Europeia

Áudio
O primeiro-ministro Alexis Tsipras de regresso a Atenas. 13/07/15
O primeiro-ministro Alexis Tsipras de regresso a Atenas. 13/07/15 REUTERS/Jean-Paul Pelissier

 O terceiro resgate financeiro grego que se anuncia representa a imposição de uma tutela europeia sobre a Grécia. Além de várias medidas de austeridade, reformas estruturais e de liberalização da economia, a Grécia criará uma autoridade fiscal independente e terá mecanismos de ajustamento orçamental quasi-automáticos. Um pouco à imagem da Alemanha nos anos 20 sob o Plano Dawes, a Grécia cria uma espécie de hipoteca sobre os seus bens através de um fundo independente de privatizações. O nosso convidado, o economista português Nuno Teles, começa por considerar que este fundo serve acima de tudo para reforçar o controle europeu sobre a economia grega. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.