Acesso ao principal conteúdo
Clima / COP 21

Parlamento Europeu aprova Acordo de Paris

Ségolène Royal (esq.), ministra francesa do Ambiente e presidente da COP21,  Ban Ki-Moon (centro), secretário-geral da ONU e Martin Schulz, presidente do Parlamento Europeu
Ségolène Royal (esq.), ministra francesa do Ambiente e presidente da COP21, Ban Ki-Moon (centro), secretário-geral da ONU e Martin Schulz, presidente do Parlamento Europeu REUTERS/Vincent Kessler

O Parlamento Europeu aprovou a Acordo de Paris, que prevê a redução das emissões de gases com efeito de estufa responsáveis pelas alterações climáticas. Com esta ratificação o documento pode já entrar em vigor.

Publicidade

Os Estados-membros já tinham confirmado a vontade de uma ratificação acelerada e conjunta do Acordo de Paris, mesmo antes da conclusão dos processos de ratificação individuais. Com este carimbo europeu, o documento tem via aberta para entrada em vigor no prazo de 30 dias.

Para entrar em vigor, o acordo teria de ser rubricado por, pelo menos, 55 países responsáveis por 55% das emissões de gases com efeito de estufa. Esta aprovação pelo Parlamento Europeu permitiu atingir estes objectivos, uma vez que apesar de ratificado por 62 países, estes representam apenas 52% das emissões.

O Acordo de Paris é o resultado mais visível da cimeira do clima que teve lugar no final de 2015 na capital francesa e que juntou “à mesma mesa” 196 países. O objectivo é reduzir as emissões de gases com efeito de estufa responsáveis pelas alterações climáticas.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.