Acesso ao principal conteúdo
Gâmbia

Yahya Yammeh aceita deixar o poder

Yahya Yammeh aceita deixar o poder
Yahya Yammeh aceita deixar o poder

Yahya Jammeh aceitou deixar o poder, a notícia é avançada no twitter do Presidente Adama Barrow que avança ainda que o seu antecessor deverá deixar ainda hoje o país. Alguns órgãos de comunicação avançam já que a Guiné Conacri será o país de exílio.

Publicidade

Depois de semanas de crise na Gâmbia e de várias tentativas de mediação para convencer o Presidente cessante a deixar o poder, Yaya Yammeh aceitar o resultado das eleições. 

Este resultado terá sido obtido pela mediação dos presidentes da Mauritânia e da Guiné Conacri que chegaram à Gâmbia ao início da tarde, numa derradeira tentativa de evitar um banho de sangue no país.

Ao que a RFI conseguiu apurar ,o Presidente Yaya Yammeh reclama agora condições de segurança para ele e para os seus próximos.

Recorde-se que ontem a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental tinha mobilizado meios militares para a Gâmbia e soldados nigerianos estavam estacionados junto à fronteira com o Senegal. Esta operação foi entretanto suspensa, na noite passada, pela organização regional de forma a permitir um último esforço negocial.

Este desfecho deverá permitir ao Presidente Adama Barrow, que tomou posse ontem na embaixada da Gâmbia em Dacar, voltar ao país e assumir as rédeas do poder.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.