Acesso ao principal conteúdo
ARGÉLIA

Argélia: chefe jiadista com ligações ao Daesh abatido

Constantina, a cidade argelina onde os dois indíviduos foram abatidos.
Constantina, a cidade argelina onde os dois indíviduos foram abatidos. Creative Commons CC BY 2.0/Stefan Krasowski

O exército argelino emitiu hoje um comunicado onde informa que matou dois islamistas perigosos. Um deles é Noureddine Laouira, chefe de El Ghoraba, grupo jiadista na Argélia ligado ao Estado Islâmico.

Publicidade

Na noite de sábado para domingo, o exército argelino abateu dois indíviduos suspeitos de serem jiadistas influentes no grupo El Ghoraba, que prestou vassalagem ao Estado Islâmico.

Os soldados fizeram uma emboscada aos dois indíviduos na cidade de Constantina, no nordeste da Argélia. O Ministério da Defesa Argelino afirmou que "esta operação vem confirmar os esforços que têm sido levados a cabo pelo exército no desmantelamento de grupúsculos terroristas e na sua eliminação nos quatro cantos do país". 

O grupo está por trás de vários ataques em solo argelino. O mais recente ocorreu a 25 de Fevereiro, quando um indíviduo tentou accionar o seu cinto de explosivos à frente de uma esquadra em Constantina. No mesmo dia, outros indíviduos tinham aberto fogo sobre outra esquadra da cidade.

A seguir a este incidente, a polícia argelina já tinha detido vários indíviduos com ligações ao grupo. 

Noureddine Laouira, um dos indíviduos abatidos ontem à noite, era o chefe do grupo El Ghoraba. Tinha sido ele que tinha orquestrado a ligação entre o Estado Islâmico e o grupo.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.