Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Confirmada prisão perpétua para Hissène Habré

Áudio 07:29
Hissène Habré no seu julgamento no ano passado em Dacar.
Hissène Habré no seu julgamento no ano passado em Dacar. ©AFP/SeyllouOU

Foi confirmado hoje pelo Tribunal Especial de Dacar o veredicto já pronunciado no ano passado contra o ex-presidente do Chade Hissène Habré que foi condenado à prisão perpétua por crimes contra a Humanidade enquanto esteve no poder no seu país. Calcula-se que a repressão durante o seu regime, entre 1982 e 1990, tenha causado uns 40 mil mortos.

Publicidade

O antigo ditador de 74 anos não assistiu ao veredicto à semelhança de muitos dos sobreviventes da repressão que, com o passar dos anos e do longo caminho que conduziu a este julgamento, foram desaparecendo. Exilado no Senegal desde a sua queda em 1990, Hissène Habré acabou por ter que enfrentar uma primeira vez as suas antigas vítimas no começo dos anos 2000, as acusações tendo entretanto sido abandonadas.

Só com a criação de um Tribunal Especial em 2012 sob a chancela da União Africana é que se deu seguimento ao julgamento do antigo Presidente chadiano, um julgamento que Iain Levine, director de programas na organização de defesa dos Direitos Humanos Human Rights Watch, considera exemplar.
 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.