Acesso ao principal conteúdo
Ciência

Parasita que afecta gado em África vai ser estudado

Áudio 09:25
Calcula-se que a Nagana provoca prejuízos da ordem dos 4,5 mil milhoes de Euros.
Calcula-se que a Nagana provoca prejuízos da ordem dos 4,5 mil milhoes de Euros. RFI / François-Damien Bourgery

8 equipas de cientistas, entre os quais investigadores portugueses, vão estudar a partir de Janeiro e durante 4 anos o comportamento do parasita que causa a Nagana, doença que afecta o gado e que é provocada pela picada da mosca Tsé-Tsé. Este programa financiado em um pouco mais de 2 milhões de Euros pela fundação britânica Wellcome Trust visa encontrar um tratamento ou uma vacina para esta doença que além do impacto nos próprios animais tem também um impacto económico inegável para os criadores de gado nas regiões onde esta doença infecciosa existe, ou seja essencialmente na África Subsariana.Luísa Figueiredo, coordenadora do laboratório de Biologia e Parasitismo do Instituto de Medicina Molecular de Lisboa tem estudado os efeitos da picada da mosca Tsé-Tsé nos seres humanos. Ela vai participar também nesta investigação sobre a Nagana.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.