Acesso ao principal conteúdo
LIBÉRIA

Libéria: futebolista chega à presidência da república

O único Bola de ouro africano, Georges Weah, doravante presidente da Libéria
O único Bola de ouro africano, Georges Weah, doravante presidente da Libéria REUTERS/Thierry Gouegnon

O antigo futebolista Georges Weah venceu a segunda volta das eleições presidenciais na Libéria com 61,5%. E isto segundo dados da Comissão de eleições após apuramento de 98,1% dos votos. Weah sucederá a 22 de Janeiro a Ellen Johnson Sirleaf, primeira presidente em África.

Publicidade

O único Bola de ouro de África (1995), astro do futebol dos franceses do PSG e do Milão AC em Itália da década de 90, e também senador chega desta feita à magistratura suprema da Libéria.

Georges Weah impôs-se confortavelmente perante o vice-presidente Joseph Boakai que se ficou pelos 38,5% dos votos.

A Libéria não viveu alternância política desde 1994. Esta vitória de Weah ocorre três décadas após o início de uma guerra civil particularmente sangrenta neste país anglófono da África ocidental - 250 000 mortos entre 1989 e 2003.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.