Acesso ao principal conteúdo
Futebol

Burkina Faso, vitória moralizadora frente aos Djurtus

Paulo Duarte, treinador do Burkina Faso.
Paulo Duarte, treinador do Burkina Faso. GABRIEL BOUYS / AFP

O Burkina Faso venceu a Guiné-Bissau por 2-0, no primeiro de dois jogos que vai realizar em território francês.

Publicidade

A Selecção do Burkina Faso de futebol veio a França para disputar dois encontros amigáveis de preparação para os próximos encontros de apuramento para o CAN-2019.

Na quinta-feira 22 de Março o Burkina Faso, comandado pelo técnico luso Paulo Duarte, acabou por vencer por 2-0 frente à Selecção da Guiné-Bissau, num encontro que decorreu no Estádio Didier Pironi em Limeil-Brévannes nos arredores de Paris.

Em exclusivo à RFI, Paulo Duarte, seleccionador do Burkina Faso, admitiu que a Guiné-Bissau entrou melhor no encontro, até o primeiro golo dos burquinenses, e afirmou que esta vitória é moralizadora para o segundo jogo amigável frente ao Kosovo.

O Burkina Faso volta a jogar a 27 de Março frente ao Kosovo em Franconville nos arredores de Paris.

De notar que, segundo dados apurados pela RFI, a Guiné-Bissau também vai realizar um segundo encontro em França frente ao Congo-Brazzaville no domingo 26 de Março, isto após o jogo ter sido cancelado. Uma reviravolta que permite aos Djurtus terem um segundo teste de preparação para os próximos jogos do CAN-2019. Uma partida importante visto que Baciro Candé, o seleccionador guineense, convocou novos jogadores como os avançados Jorginho (Chaves, Portugal) e Esmaël Gonçalves (Pakhtakor, Uzbequistão) ou ainda o médio Romário Vieira (Leeds, Inglaterra) e o defesa Nadjack (Rio Ave, Portugal), sendo primordial criar um entrosamento entre todos os jogadores, recém-chegados ou antigos.

Aliás a segunda jornada do grupo K de apuramento para o CAN-2019 vai ver uma oposição 100% lusófona entre Moçambique e a Guiné-Bissau, em território moçambicano, a 7 de Setembro de 2018.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.