Acesso ao principal conteúdo
Convidado

HRW: decepção pela absolvição de Jean Pierre Bemba pelo TPI

Áudio 05:10
Jean-Pierre Bemba no Tribunal Penal Internacional
Jean-Pierre Bemba no Tribunal Penal Internacional AFP

O Tribunal Penal Internacional absolveu na passada sexta feira (8/06) o antigo vice-presidente da República Democrática do Congo Jean-Pierre Bemba, acusado de crimes de guerra e crimes contra a humanidade cometidos entre Outubro de 2002 e Março de 2003 na República Centro-Africana, alegando que este não esteve fisicamente presente no campo de batalha.Detido em 2008 em 2016 o TPI condenou-o em primeira instância a 18 anos de prisão, sentença contra a qual a defesa de Bemba interpôs recurso.Amanhã o TPI decide se Jean Pierre Bemba será solto ou não, dado que ele é igualmente acusado de suborno de testemunhas e atentado à administração da justiça.Reed Brody da ong de defesa de direitos humanos Human Rights Watch dá conta da decepção que esta absolvição representa, para os milhares de vítimas da violência sexual e física perpetrada pelas milícias do Movimento para a Libertação do Congo, dirigido por Jean-Pierre Bemba, mas alerta também para o facto de esta jurisprudência, poder vir a dificultar futuras condenações de outros chefes de guerra.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.