Acesso ao principal conteúdo
UNIÃO AFRICANA

Graziano da Silva homenageado pela União Africana

O director-geral da FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação), o brasileiro José Graziano da Silva.
O director-geral da FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação), o brasileiro José Graziano da Silva. @FAOclimate

José Graziano da Silva foi homenageado pela União Africana. O director-geral da FAO foi recompensado pela visão Fome Zero em África. Graziano da Silva dedicou o prémio ao ex-presidente do Brasil, José Inácio Lula da Silva.

Publicidade

Na cerimónia de encerramento da 32ª Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da União Africana, José Graziano da Silva, director-geral da FAO foi homenageado pela sua contribuição na luta pela erradicação da fome no continente africano e pelo desenvolvimento sustentável dos sectores agrícolas de África.

Josefa Sacko, Comissária para a Economia Rural e Agricultura da UA, salientou “a paixão de Graziano da Silva pela erradicação da fome e a sua liderança implacável”, que são “uma inspiração para África”

A comissária angolana descreveu o líder da FAO como “um dos arquitectos mundiais do conceito Fome Zero” e acrescentou que “ o direito à alimentação adequada pode e deve ser uma realidade no continente”.

Visivelmente emocionado, Graziano da Silva agradeceu o reconhecimento e homenagem, sublinhando que se trata de “um incentivo colectivo para mantermos a visão do Fome Zero no topo das mentes e dos corações”.

O director-geral da FAO alertou para o facto de os conflitos em África, ampliados pelos riscos climáticos, reverteram os progressos feitos na obtenção de segurança alimentar e melhor nutrição, especialmente no continente africano. O diplomata brasileiro ressalvou que de continente de “crianças desnutridas, África passou a ser o continente com mais pessoas obesas do mundo”.

José Graziano da Silva acabou por dedicar a homenagem a José Inácio Lula da Silva, antigo presidente do Brasil, “por ser o mais inspirador para a visão Fome Zero”.

Esta terça-feira, Addis Abeba acolhe a 1ª Conferência Internacional sobre Segurança Alimentar organizada pela União Africana, Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e Organização Mundial de Saúde (OMS).

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.