Acesso ao principal conteúdo
Desporto

Hóquei em Patins: Angola venceu Moçambique e arrecadou o CAN

Imagem de Arquivo. A Selecção Angolana no Mundial 2017 de Hóquei em Patins.
Imagem de Arquivo. A Selecção Angolana no Mundial 2017 de Hóquei em Patins. rollersports.org

O 1° Campeonato Africano das Nações de hóquei em patins terminou com o triunfo da Selecção angolana por 5-3 frente a Moçambique no domingo 10 de Março em Luanda, a capital angolana. Um triunfo que permitiu a Angola arrecadar o título de Campeão no CAN, que dá acesso ao Mundial da modalidade.

Publicidade

Angola derrotou a Selecção moçambicana por 5-3 no terceiro e derradeiro jogo do 1° Campeonato Africano das Nações, numa prova que decorreu em Luanda, a capital angolana, no pavilhão multiusos do Kilamba.

Luanda recebeu o CAN de hóquei em patins com as participações das Selecções angolana, moçambicana e egípcia.

Angola terminou no primeiro lugar com dois triunfos em dois jogos, apurando-se para o Campeonato do Mundo, enquanto Moçambique acabou no segundo lugar com uma vitória, e o Egipto ficou na última posição com duas derrotas.

Recorde-se que Angola arrasou o Egipto por 30-0 no jogo inaugural do 1° Campeonato Africano das Nações, enquanto Moçambique derrotou a Selecção egípcia por 12-2 na segunda jornada.

O vencedor da prova, Angola, vai participar na fase de grupos do Campeonato do Mundo onde já se encontram selecções como Portugal. Este é o grupo principal, sendo que os dois outros países presentes no CAN, Moçambique e Egipto, vão respectivamente para a Taça Intercontinental e para a Taça Challenger, segundo e terceiro esclão mundial.

No entanto de notar que os vencedores tanto do Grupo A como do Grupo B do segundo escalão mundial terão uma oportunidade de entrar na fase principal e tentar chegar ao título, conquistado há dois anos, em 2017, pela Espanha.

O Campeonato do Mundo decorre em Barcelona de 7 a 14 de Julho.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.