Acesso ao principal conteúdo
Futebol

CAN 2019: Stélvio Cruz acredita no apuramento de Angola

Troféu de vencedor do CAN.
Troféu de vencedor do CAN. ISSOUF SANOGO / AFP

Nesta segunda-feira quatro selecções lusófonas: Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e Angola, começam a concentrar-se para a última jornada da fase de grupos que dá acesso ao Campeonato Africano das Nações de futebol, que vai decorrer no Egipto.

Publicidade

Quatro selecções lusófonas ainda podem chegar ao CAN de 2019 que vai decorrer em território egípcio.

No Grupo I, Angola ocupa o segundo lugar com 9 pontos, a três do líder, a Mauritânia, já apurada, e com dois de vantagem sobre o Burkina Faso, comandado pelo técnico português Paulo Duarte.

Nesta derradeira jornada os Palancas Negras deslocam-se ao terreno do Botsuana, ultimo classificado com apenas um ponto. O jogo decorre na próxima sexta-feira, 22 de março, enquanto o Burkina Faso recebe a Mauritânia, comandada pelo treinador luso-francês Corentin Martins.

A RFI falou com Stélvio Cruz, internacional angolano, que no falou do estado de espírito da equipa e fez uma antevisão do jogo de sexta-feira frente ao Botsuana.

No Grupo K, uma selecção lusófona vai apurar-se. A Guiné-Bissau, que lidera o grupo com oito pontos, recebe Moçambique, que ocupa o terceiro lugar com sete pontos, no sábado 23 de março na capital guineense. O vencedor deste encontro apura-se para o CAN.

De notar que no outro jogo do grupo, a Namíbia, segundo classificado com oito pontos, desloca-se ao terreno da Zâmbia, que está no ultimo lugar com quatro pontos.

No Grupo L, Cabo Verde ocupa o último lugar com quatro pontos, mas ainda pode alcançar o apuramento caso vença o Lesoto, segundo classificado com cinco, e que a Tanzânia, que está na terceira posição com cinco pontos também, não vença o Uganda, líder e apurado com 13 unidades.

Cabo Verde recebe o Lesoto no domingo 24 de Março no Estádio Nacional na Cidade da Praia.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.