Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Argélia vive transição para a democracia

Áudio 08:06
Abdelaziz Bouteflika, presidente demissionário da Argélia
Abdelaziz Bouteflika, presidente demissionário da Argélia Fayez Nureldine / AFP

Na Argélia, um dia depois da demissão do Presidente Abdelaziz Bouteflika, sob a pressão da rua e dos militares, o país entra na fase da transição política para a democracia. O cenário parece ser, para já, um entendimento entre os movimentos sociais, os militares e as forças islamistas. Esta é a opinião do professor António Dias Farinha. Para este especialista do mundo árabe, da Universidade de Letras de Lisboa, a Argélia diz agora adeus ao último revolucionário que combateu pela independência contra França.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.