Acesso ao principal conteúdo
Desporto

CAN 2019: Guiné-Bissau e Angola a caminho da estreia

Áudio 06:28
Baciro Candé, seleccionador da Guiné-Bissau.
Baciro Candé, seleccionador da Guiné-Bissau. GABRIEL BOUYS / AFP

Nesta edição do desporto o destaque vai para o Campeonato Africano das Nações que começa nesta sexta-feira 21 de junho com o encontro inaugural entre o Egipto, país anfitrião, e o Zimbabué.Esta prova, primeira com 24 Nações, conta com dois países lusófonos: Angola e Guiné-Bissau.Para a RFI, Baciro Candé, seleccionador da Guiné-Bissau, fez um balanço da preparação, que continua até ao primeiro jogo que será a 25 de Junho frente aos Camarões.A Guiné-Bissau parte para o Egipto a 18 de Junho.Quanto a Angola, a selecção dos Palancas Negras vai defrontar a Tunísia a 24 de Junho no primeiro encontro na prova. De notar que os angolanos já chegaram ao território egípcio.De referir ainda que do lado dos lusófonos, o seleccionador da Mauritânia, Corentin Martins, é Franco-Português.Para fechar uma nota para o Mundial de futebol feminino, que decorre em território francês até dia 7 de Julho.O Brasil, única selecção lusófona presente, vai defrontar a Itália nesta terça-feira 18 de Junho e terá de vencer para seguir em frente na prova.As brasileiras ocupam o segundo lugar no grupo C com os mesmos pontos que a Austrália, e menos três do que as italianas. Os dois primeiros lugares asseguram automaticamente a passagem aos oitavos-de-final, enquanto as melhores quatro nações que terminarem no terceiro lugar também vão alcançar o apuramento.Para as Canarinhas terem a certeza de seguir em frente, o triunfo é imprescindível visto que no outro encontro as australianas defrontam a Jamaica que perdeu por 3-0 frente ao Brasil e por 5-0 frente à Itália.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.