Acesso ao principal conteúdo
Futebol

CAN 2019: Os Faraós entram a vencer

Trezeguet, com a camisola n°7, marcou o primeiro golo da prova e do Egipto.
Trezeguet, com a camisola n°7, marcou o primeiro golo da prova e do Egipto. RFI/ Pierre-René Worms

O Egipto venceu por 1-0 o Zimbabué no jogo inaugural do Campeonato Africano das Nações de futebol que começou em território egípcio até 19 de Julho de 2019. O pais anfitrião entra assim com o pé direito na prova.

Publicidade

Perante 74 mil espectadores, com uma lotação esgotada do Estádio Internacional do Cairo, o Egipto tinha a pressão sobre os ombros de não decepcionar o seu público.

Nos primeiros minutos de jogo, os egípcios até estiver com o pé em cima da bola, dominando e criando oportunidades de golo. O principal perigo tinha um nome: Mohamed Salah.

No entanto o avançado dos britânicos do Liverpool não conseguiu abrir o marcador, ele que tinha sempre dois defesas em cima dele.

O Zimbabué cresceu e começou a criar-se oportunidades para chegar ao golo. Sem pressão visto que a equipa nunca ultrapassou a fase de grupos no CAN, os Guerreiros arriscavam e tentavam jogadas audaciosas, com remates de fora da área, jogando a bola ao primeiro toque.

Mas quem arrisca em marcar, também pode sofrer. Os egípcios recuperaram a bola no meio campo do Zimbabué por Mahmoud Hassan ‘Trezeguet’, que deu a bola a Ayman Ashraf, este devolvendo o esférico a Trezeguet que rematou para o fundo da baliza de Edmore Sibanda aos 41 minutos. No intervalo o resultado era de 1-0 para os Faraós.

A segunda parte acabou por ser menos conseguida por ambas as equipas. O Egipto geria apenas o golo de vantagem e o único jogador que ainda tentava chegar ao segundo tento era Mohamed Salah, a estrela da Selecção egípcia.

Do lado do Zimbabué, pouco ou nada. Os Guerreiros não pareciam ter meios físicos para superar os jogadores comandados pelo mexicano Javier Aguirre.

O Egipto acabou por vencer por 1-0, sendo que o herói da noite foi Trezeguet, avançado de 24 anos que joga no clube turco do Kasimpasa.

Três pontos para os Faraós, uma boa entrada na prova, liderando assim o Grupo A. Para o Zimbabué a tarefa parece complicada mas não impossível para chegar aos oitavos-de-final na prova.

O outro encontro do grupo vai opor, no sábado, a República Democrática do Congo e o Uganda às 14h30, hora TMG.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.