Acesso ao principal conteúdo
Futebol

CAN 2019: Argélia e Marrocos na máxima força

Hervé Renard (no centro), treinador francês de Marrocos.
Hervé Renard (no centro), treinador francês de Marrocos. RFI/Pierre René-Worms

Argélia, Marrocos, Senegal e Costa do Marfim seguem em frente na prova. A derradeira jornada dos Grupos C e D trouxeram apenas a confirmação do apuramento destas quatro equipas que disputam o Campeonato Africano das Nações de futebol que decorre no Egipto.

Publicidade

Os argelinos e os senegaleses confirmaram o apuramento na última jornada no grupo C e mostraram claramente a superioridade que tinham em relação a Quénia e Tanzânia.

Argélia acabou por derrotar a Tanzânia por 3-0 com golos do avançado Islam Slimani (35’) e do médio Adam Ounas que bisou (39’ e 45+1’) num jogo que decorreu no Estádio Al Salam no Cairo.

Quanto ao Senegal também venceu por 3-0 o Quénia mas teve mais dificuldades em desbloquear o marcador isto porque na primeira parte o avançado senegalês Sadio Mané falhou uma grande penalidade. No entanto tudo ficou resolvido na segunda parte com tentos do avançado Ismaïla Sarr (63’) e do avançado do Liverpool, Sadio Mané que bisou (71’ e 78’ de grande penalidade) num jogo que decorreu no Estádio 30 de Junho no Cairo.

Argélia terminou no primeiro lugar com 9 pontos, à frente do Senegal com seis, do Quénia com três e da Tanzânia que não pontuou.

Marrocos e Costa do Marfim sem dificuldades

No Grupo D aconteceu quase a mesma coisa. Os marroquinos e os marfinenses confirmaram o apuramento na última jornada.

Marrocos acabou por derrotar a África do Sul por 1-0 com o único golo a ser apontado pelo médio Mbark Boussoufa (90’) num jogo que decorreu no Estádio Al Salam no Cairo.

Quanto à Costa do Marfim venceu por 4-1 a Namíbia. Os tentos foram apontados pelo avançado Max-Alain Gradel (39’), pelo médio Serey Dié (58’), pelo avançado Wilfried Zaha (84’) e pelo avançado Maxwel Cornet (89’) para os marfinenses, enquanto Joslin Kamatuka apontou o tento de honra para os namibianos aos 71 minutos de jogo.

Marrocos terminou no primeiro lugar com 9 pontos, à frente da Costa do Marfim com seis, da África do Sul com três e da Namíbia que não pontuou.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.