Acesso ao principal conteúdo
Semana em África

Assinado oficialmente acordo de paz em Moçambique

Áudio 08:51
Assinatura em Maputo do Acordo de paz de Moçambique entre Filipe Nyusi, chefe de Estado, e Ossufo Momade, presidente da Renamo, a 6 de Agosto de 2019.
Assinatura em Maputo do Acordo de paz de Moçambique entre Filipe Nyusi, chefe de Estado, e Ossufo Momade, presidente da Renamo, a 6 de Agosto de 2019. AFP

Em Moçambique foi assinado, esta semana, o Acordo de paz entre Filipe Nyusi, chefe de Estado, e Ossufo Momade, presidente da Renamo, maior força da oposição. Trata-se do terceiro acordo do género desde a década de 90. O Ministério Público moçambicano formalizou a acusação contra 20 suspeitos do caso das chamadas "Dívidas Ocultas", contraídas sem o aval do parlamento.Em Angola o antigo Presidente José Eduardo dos Santos, foi notificado para prestar esclarecimentos sobre alguns processos mediáticos, entre eles o caso CNC que julga entre outros o antigo ministro dos Transportes Augusto Tomás.O antigo primeiro-ministro guineense Umaro Sissoco Embaló será o candidato do Movimento para a Alternância Democrática (Madem) às presidenciais de 24 de Novembro.Em Cabo Verde a sessão Descentralizada do Parlamento Pan-Africano chegou ontem ao fim com a adopção da Declaração de Praia apontando para a erradicação da Tuberculose no mundo em 2035.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.