Acesso ao principal conteúdo
Semana em África

Papa Francisco apelou à reconciliação moçambicana

Áudio 07:46
O Papa Francisco saúda os fiéis que chegam à Catedral de Nossa Senhora da Imaculada Conceição em Maputo, Moçambique, a 5 de Setembro de 2019.
O Papa Francisco saúda os fiéis que chegam à Catedral de Nossa Senhora da Imaculada Conceição em Maputo, Moçambique, a 5 de Setembro de 2019. REUTERS/Mike Hutchings

Em Moçambique a semana fica marcada pela visita do Papa Francisco. Em Maputo, o Sumo Pontífice lançou um apelo forte e realista pela reconciliação nacional. Na visita de três dias, o Papa Francisco apelou a "uma paz duradoura e inclusiva".A semana fica marcada pela apreensão de quase quase duas toneladas de cocaína no norte do país no âmbito da operação "Navarra". De acordo a PJ esta foi a maior apreensão de droga no país.O primeiro-ministro de são-tomense anunciou que o Japão vai aumentar a ajuda alimentar a São Tomé e Príncipe, uma ajuda no valor de 2 para 3 milhões de dólares anuais.Morreu esta sexta-feira o antigo Presidente do Zimbabué. Robert Mugabe governou o país africano com mão de ferro entre 1980 e 2017, faleceu ontem aos 95 anos. Foi visto como libertador em 1980, a sua política de reconciliação em nome da unidade do país recebeu elogios, especialmente vindos fora do país, mas muito rapidamente se revelou ter uma mão-de-ferro para fazer frente aos opositores.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.