Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

UCID na oposição apresenta queixa à PGR contra governo caboverdiano

UCID apresenta queixa na procuradoria contra governo no negócio da Transinsular
UCID apresenta queixa na procuradoria contra governo no negócio da Transinsular RFI/Odair Santos

Em Cabo Verde, o líder da UCID, na oposição, António Monteiro, anunciou que  vai apresentar queixa à Procuradoria Geral da República em relação ao contrato assinado entre a Transinsular e o governo caboverdiano. A UCID considera que o contrato com a Transinsular sobre os transportes marítimos é “lesivo” ao país.

Publicidade

Em Cabo Verde, a UCID que é o terceiro partido no parlamento cabo-verdiano vai apresentar queixa à Procuradoria Geral da República alegando que o contrato com a portuguesa Transinsular sobre os transportes marítimos é “lesivo” ao país.

O líder da UCID, António Monteiro, afirmou que a questão de concessão das linhas e cabotagem é um “assunto sério” e o contrato assinado e concurso “não estão a coincidir”.

Segundo o líder da UCID, nos próximos 20 anos, o país vai pagar quase 12 milhões de contos. 

O contrato de concessão entre o governo de Cabo Verde e a portuguesa Transinsular foi assinado a 15 de Fevereiro deste ano.

A empresa portuguesa ficou com 51% do capital e os armadores cabo-verdianos com 49%.

A concessão é válida para um período de 20 anos, passível de renovação.

Mas, existe um periodo de dois anos para a concessão de adaptar e fazer as correções.

Oiçamos, António Monteiro, presidente da UCID, em Cabo Verde, em declarações à imprensa, recolhidas pelo nosso correspondente.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.