Acesso ao principal conteúdo
Burkina Faso

Ataque mortífero no Burkina Faso

Norte do Burkina Faso. Imagem de Ilustração.
Norte do Burkina Faso. Imagem de Ilustração. MICHELE CATTANI / AFP

24 pessoas morreram e 18 ficaram feridas num ataque jihadista a uma igreja protestante no Burkina Faso.

Publicidade

O ataque aconteceu no domingo, mas foi apenas divulgado nesta segunda-feira pelas autoridades do país.

Um grupo de homens armados acabou por matar 24 pessoas num ataque a uma igreja protestante situada na vida de Pansi, província de Yagha. De referir que 18 outras pessoas ficaram feridas.

O Burkina Faso tem vivido ataques jihadistas desde 2015, que avança no Sahel, e tem as igrejas cristãs como alvos preferenciais.

No total, já morreram perto de 750 pessoas.

Na semana passada, a 10 de fevereiro, um grupo de jihadistas invadiu Sebba e sequestrou sete pessoas na residência de um pastor. Três dias depois, cinco pessoas foram encontradas mortas, incluindo o pastor, e duas mulheres foram resgatadas, de acordo com o governador da região do Sahel.

Segundo dados da ONU, os ataques jihadistas mataram no Burkina, no Mali e no Níger quase 4 000 pessoas no ano passado.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.