Acesso ao principal conteúdo
EUA/Los Angeles

Incerteza acerca do ex-policial em fuga na Califórnia após incêndio de chalé

Policiais fazem blitz para encontrar Christopher Dorner.
Policiais fazem blitz para encontrar Christopher Dorner. REUTERS/Gene Blevins

Policiais do condado de San Bernardino, na Califórnia, protagonizaram um tiroteio na noite desta terça-feira com Christopher Dorner, o ex-policial procurado há uma semana pela polícia de Los Angeles pelo assassinato de três pessoas nos últimos dias. Ele tinha se refugiado num chalé da estação de esqui de Big Bear, que pegou fogo logo depois do tiroteio. Amostras de um corpo carbonizado encontrado no local foram enviadas para análise de ADN.

Publicidade

No domingo, a polícia de Los Angeles ofereceu US$ 1 milhão de recompensa por informações sobre o paradeiro de Dorner. O ex-policial de 33 anos, militar reservista da Marinha, publicou recentemente um manifesto na internet ameaçando de morte vários colegas policiais que ele julga responsáveis por sua demissão da polícia em 2008. 

Na semana passada, Dorner começou a colocar suas ameaças em prática, matando três pessoas: a filha de um ex-superior hierárquico do Departamento de Polícia de Los Angeles (LAPD), o companheiro dela e um policial.

Na noite dessa terça-feira, no sexto dia de caça ao homem, já qualificada pela mídia californiana como a mais importante da história da região, houve esse tiroteio e o incêncio ainda não esclarecido. Num primeiro momento, a polícia de Los Angeles chegou a afirmar que Dorner havia morrido, mas depois desmentiu a informação. A temperatura no interior do chalé estava muito elevada, impedindo os policiais de realizar buscas no local.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.