Acesso ao principal conteúdo
EUA/Frio polar

Onda de frio derruba termômetro a 50°C negativos nos EUA

A primeira grande tempestade de inverno de 2014 trouxe temperaturas geladas e ventos, que deixaram algumas áreas de Massachusetts com quase 60 centímetros de neve.
A primeira grande tempestade de inverno de 2014 trouxe temperaturas geladas e ventos, que deixaram algumas áreas de Massachusetts com quase 60 centímetros de neve. REUTERS/Dominick Reuter

Os termômetros chegaram a 38°C negativos nas últimas horas em localidades do centro e norte dos Estados Unidos. A onda de frio polar que atinge o país desde a semana passada já matou 11 pessoas e provocou o cancelamento de centenas de voos. Os moradores de Nova York se preparam para um frio recorde, nesta segunda-feira. Em algumas localidades, os termômetros podem cair a 51°C negativos.

Publicidade

A pior frente fria dos últimos 20 anos nos Estados Unidos, com temperaturas glaciais e muita neve, ainda não atingiu seu ápice. As massas de ar que descem do Ártico provocam temperaturas que poderão atingir até 50°C graus negativos, de acordo com os meteorologistas. O Canadá também registra temperaturas glaciais e Toronto deve marcar 17°C graus negativos amanhã. A previsão é de queda de até 25 centímetros de neve.

Nos Estados Unidos, a região dos Grandes Lagos, no norte, e estados do centro do país são particularmente castigados pelo vento e episódios de nevasca. Duas cidades do estado de Minnesota, Babbit e Embarrass, registraram as temperaturas mais baixas, 40°C graus abaixo de zero, em locais cobertos. Para proteger as crianças, o governador do Estado, Mark Dayton, decidiu manter as escolas fechadas nesta segunda-feira. Medida similar foi adotada por Chicago, que inicialmente previa manter as escolas abertas.

Os termômetros em Chicago e Indianápolis podem chegar a 24°C negativos hoje e em Minneapolis, 34°C abaixo de zero. As autoridades pedem aos moradores para evitar sair de casa.

Confusão nos aeroportos

No transporte aéreo, os distúrbios que começaram na semana passada com a queda de neve devem continuar nos próximos dias. Neste domingo, 7.300 voos sofreram atrasos e 3.500 foram cancelados. O aeroporto J.F. Kennedy, em Nova York, ficou fechado durante duas horas na manhã de domingo. Um avião da Delta Airlines proveniente de Toronto acabou deslizando na pista escorregadia. Ninguém ficou ferido no incidente. Havia 35 pessoas a bordo do aparelho.

O inverno rigoroso atinge 140 milhões de americanos segundo a imprensa local. O frio já deixou 11 mortos. Diante das atuais condições meteorológicas, a onda de frio deve permanecer. A situação só deve melhorar no final da semana, com as temperaturas voltando a níveis considerados moderados pelos especialistas.

Obama encerra férias

O presidente Barack Obama retornou neste domingo a Washington, encerrando a temporada de férias no Havaí. Obama desembarcou em Washington com as duas filhas sob 2°C negativos, sem a primeira-dama Michelle, que esticou a temporada no Havaí, onde fazia ontem 27°C, para festejar seus 50 anos ao lado de amigos, no dia 17 de janeiro.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.