Acesso ao principal conteúdo

Obama debate cibersegurança em evento na Califórnia

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. REUTERS/Jonathan Ernst

O presidente americano, Barack Obama, participa nesta sexta-feira (13) de uma reunião sobre cibersegurança. Na pauta, está o reforço das defesas informáticas das empresas, mas, principalmente, o restabelecimento da confiança internacional nos Estados Unidos, que despencou com a revelação de diversos casos de espionagem nos últimos dois anos.

Publicidade

De acordo com organizadores do evento, a melhor maneira de tratar as "tensões" geradas pelas informações vazadas pelo ex-técnico da Agência de Segurança Nacional (NSA) Edward Snowden é investir no diálogo e na cooperação entre o governo e as empresas de tecnologia.

No encontro, organizado pela Casa Branca em Palo Alto, no coração do Vale do Silício (Califórnia), o presidente também deve apresentar medidas para melhorar o compartilhamento de informações entre as companhias e o departamento de segurança interna. Além disso, Washington pretende reforçar as estruturas de segurança de dados no país para atrair novos investimentos externos.

No início de fevereiro, o jornal americano New York Times publicou uma reportagem na qual afirmava que a presidente Dilma Rousseff ainda pode estar sendo monitorada pelo serviço de espionagem americano. Quase um ano e meio depois de a presidente ter cancelado uma viagem a Washington como retaliação à espionagem, desta vez a revelação do New York Times não teve grande repercussão no governo. Segundo o jornal americano, a chanceler alemã Angela Merkel e o presidente François Hollande já teriam sido excluídos da lista de monitoramento da NSA.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.