Acesso ao principal conteúdo
Uruguai/Posse

Novo presidente uruguaio promete liberdade e tolerância em tomada de posse

Tabaré Vázquez tomou posse neste domingo
Tabaré Vázquez tomou posse neste domingo REUTERS/Andres Stapff

O socialista Tabaré Vazquez tomou posse neste domingo como presidente do Uruguai, substituindo o carismático José Mujica e prometendo honrar valores como igualdade, liberdade e tolerância. Desde a vitória na eleição de novembro passado, Tabaré tem se distanciado do estilo do seu antecessor, que ficou conhecido mundialmente pelo estilo informal de se vestir e pelo discurso anti-consumista.

Publicidade

Vestido de maneira impecável, Tabaré lamentou em seu discurso "a violência, o medo, o terror e a intolerância que dominam diferentes regiões do mundo" e dedicou boa parte da fala de 24 minutos para evocar a herança do libertador do país, José Artigas, símbolo da identidade uruguaia.

Igualdade e liberdade

O novo presidente assegurou que a igualdade, a liberdade, o respeito e a tolerância "serão os referentes" de seu novo mandato de cinco anos. A cerimônia aconteceu no Congresso, em Montevidéu, na presença de vários chefes de Estado da região, como Dilma Rousseff e o cubano Raúl Castro.

"Nós podemos e devemos propor, analisar e debater juntos como conseguir uma melhor educação pública, saúde de qualidade para todos e moradia digna", acrescentou o presidente de 75 anos, que é médico oncologista.

Mujica assume cadeira no Senado

A passagem do poder prosseguiu com um desfile no centro da capital e uma cerimônia pública na praça da Independência, onde centenas de uruguaios se reuniram para assistir José Mujica entregar a bandeira ao seu sucessor. O ex-presidente assumirá uma cadeira no Senado na nova lesgislatura.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.