Acesso ao principal conteúdo
Angola

Angola: 174 cidadãos "lunda" continuam desaparecidos

Garimpo Lundas, Angola
Garimpo Lundas, Angola protectoradodalunda.blogspot.fr/

O Movimento do Protectorado da Lunda Tchokwe volta a alertar para o "desaparecimento" de 174 cidadãos das Lundas, rusgados entre 27 e 28 de Junho durante uma operação de combate à emigração clandestina e publicou uma lista não exaustiva dos mesmos, da qual estão ausentes os nomes de "desaparecidos" cujas famílias são do MPLA e temem represálias.

Publicidade

José Mateus Zecamutchima, presidente do Movimento do Protectorado da Lunda Tchokwe, que luta pela autonomia das Lundas, afirma que "fizemos publicar uma lista com uma parte dos nomes dos desaparecidos...algumas famílias que se manifestaram ser militantes do MPLA...não queriam que os seus nomes fossem publicados, porque temem represálias do próprio partido a que pertencem, mas nós temos esses nomes e a qualquer instituição internacional de Direitos Humanos que nos contactar, vamos apresentar esses nomes....pois esses cidadãos estão desaparecidos até hoje, ou estão mortos, alguém tem que dizer porque é que morreram".

O Presidente José Eduardo dos Santos é aguardado na Lunda Norte no próximo mês de Outubro e não está previsto qualquer encontro com o Movimento do Protectorado da Luhnda Tchokwe, este dirigente denuncia a forma como foram feitos os contactos e afirma que essa visita "não passa de uma farsa...ele não vai dizer absolutamente nada, vai inaugurar um condomínio que leva já o seu próprio nome, o que é próprio dos ditadores". 

José Mateus Zecamutchima pede à Europa que esteja atenta ao que se passa em Angola e afirma"essa tirania tem de desaparecer, a Europa não pode mais estar aqui a dar guarida a esses tiranos em pleno século XXI".

José Mateus Zecamutchima, presidente do Movimento do Protectorado da Lunda Tchokwe

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.