Acesso ao principal conteúdo
Política/Angola

Isaías Samakuva: mais quatro anos na liderança da Unita

Isaías  Samakuva,presidente  da Unita
Isaías Samakuva,presidente da Unita

  Isaías Samakuva  foi eleito para um quarto mandato à cabeça da Unita, principal partido da oposição angolana. Os seus rivais infelizes na corrida à liderança  eram Paulo Lukamba(Gato), adversário de Samakuva já em 2002  e  Abílio Kamalata Numa. Isaías Samakuva  será candidato à presidente de Angola nas eleições gerais de 2017.      

Publicidade

 Vitória confortável de Isaías Samakuva para um quarto mandato como presidente da Unita, com 82,8% de votos, representando 949 sufrágios, num total  de 1.146 delegados presentes.Os seus adversários  na corrida à liderança do principal partido da oposição angolana ,Paulo Lukamba e Abílio Kamalata Numa obtiveram respectivamente 167 e 25 votos,isto é , 14,5% e 1,7% dos sufrágios.

Samakuva lidera a Unita há doze anos e já  anunciou que vai ser candidato à presidência de Angola,nas  eleições gerais do país da  África Austral, previstas para Agosto de 2017. Intervindo perante o congresso, após a  sua reeleição,o  líder da Unita  enfatizou que o seu próximo objectivo é a cidade alta ( Palácio presidencial).Ele lançou igualmente  um apelo aos dois derrotados do dia, Paulo Lukamba e Abílio Kamalta Numa , para que estes integrem a sua equipa de campanha na perspectiva de 2017. Lukamba  e Kamalata Numa  destacaram o facto da  exemplaridade do exercício democrático no seio da Unita e prontificaram-se a  colaborar com  Isaías Samakuva. Em 2017 Isaías Samakuva  participará pela quarta vez nas eleições gerais angolanas como líder da Unita.

De  Luanda, com Avelino  Miguel, as  informações complementares sobre o congresso da Unita.

Correspondência Luanda. Avelino Miguel

 

 

         

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.