Acesso ao principal conteúdo
Angola

Angola com problemas de divisas

Sede da Sonangol, em Luanda, empresa petrolífera em tempo de falta de divisas em Angola.
Sede da Sonangol, em Luanda, empresa petrolífera em tempo de falta de divisas em Angola. REUTERS/Siphiwe Sibeko/File Photo

Escassez de divisas em Angola faz com que a câmara de comércio Estados Unidos/Angola, pede pagamento em dólares nos negócios petrolíferos, em vez de kwanzas, contrariando a política de desdolarização da economia angolana.

Publicidade

Devido à escassez de divisas, a Câmara de comércio Estados Unidos/Angola, pede que excepcionalmente as empresas de prestação de serviços ao sector petrolífero possam receber dólares em vez de kwanzas nas suas transações contrariamente ao estipulado na lei que quer a desdolarização da economia angolana.

Com a baixa do preço do petróleo e a falta de divisas, as empresas angolanas estão a fechar as portas sobretudo aquelas que não conseguem fazer transações a nível internacional.

É assim que se compreende esta medida da Câmara de comércio Estados Unidos/Angola, que pediu ao Banco Nacional de Angola que autorize uma regra de excepção para a excepção da crise económica que o país vive.

A crise económica angolana não está apenas a afectar as empresas angolanas como o próprio povo angolano que vê cortados os seus programas e ajudas sociais.

De Luanda, o nosso correspondente, em Luanda, Avelino Miguel.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.