Acesso ao principal conteúdo
Angola

Benguela : manifestação de solidariedade proíbida vai sair à rua amanhã

Benguela: Afro Music Channel 2016
Benguela: Afro Music Channel 2016 Afro Music Channel

O Movimento Revolucionário de Benguela, pretende marchar amanhã apesar da proibição, em solidariedade com as famílias das vítimas mortas e feridas no final de um concerto no fim de semana passado.

Publicidade

A marcha proíbida, está convocada para as 13 horas frente ao Liceu de Benguela e pretende desfilar para exigir a responsabilidade criminal por parte da organização do mega concerto Afro Music Channel, promovido no passado fim de semana pela LS Produções, uma empresa próxima do general Bento Kangamba.

Livulo Prata, um dos organizadores da marcha afirma que mau grado a sua proibição e a eventual repressão que ocorrerá "vamos sair à mesma...como já estamos habituados a essa repressão, não podemos baixar a cauda, porque é um acontecimento que dramatiza a sociedade...e se não continuarmos a exigir responsabilidades, vai sempre acontecendo e o regime de impunidade mantém-se e não é bom".

No final do concerto, na madrugada de domingo 16 de Outubro no superlotado Estádio Nacional de Benguela, gerou-se um movimento de pânico, que resultou oficialmente na morte de 8 pessoas, mas várias fontes apontam para mais de 20 mortos e cerca de uma centena de feridos.

O Estádio tem capacidade para 8 mil espectadores, mas teriam sido vendidos mais de 15 mil ingressos, tão grande era a expectativa para assistir ao show de alguns dos mais prestigiosos músicos angolanos.

As autoridades afirmam que está em curso um inquérito, para apurar responsabilidades, mas as famílias das vítimas não foram ainda notificadas dos resultados do mesmo.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.