Acesso ao principal conteúdo
Angola

Angola: MPLA comemora 60 anos de existência

Imagem do último Congresso do MPLA, que comemora este 10 de dezembro de 2016, os seus 60 anos
Imagem do último Congresso do MPLA, que comemora este 10 de dezembro de 2016, os seus 60 anos REUTERS

O partido no poder em Angola, MPLA, comemorou este sábado, em Luanda, os 60 anos, de existência, durante um comício liderado pelo seu vice-presidente, João Lourenço, pressentido para substituir o presdiente, José Eduardo dos Santos.

Publicidade

Luanda, recebeu este sábado, 10 de dezembro, um gigantesco comício, do MPLA, que comemora os seus 60 anos de existência como partido.

Um comício, liderado por João Lourenço, vice-presidente do MPLA, do qual já foi secretário-geral, e tido como sucessor de José Eduardo dos Santos.

Nos últimos dias muito se falou na sucessão de José Eduardo dos Santos, que disse, querer abandonar a vida política em 2018 e logo a seguir, o nome de João Lourenço, foi avançado como o homem para o substituir à frente dos destinos do MPLA, logo na presidência da República.

O comício deste sábado, foi visto como o lançamento da pré-campanha das eleições gerais de 2017, em Angola, com João Lourenço assumindo abertamente, a liderança do processo.

E mais: durante o comício de Luanda, João Lourenço, declarou que o MPLA, já tem "garantida a vitória" das próximas eleições.

De notar, que apesar de o vice-presidente do MPLA, João Lourenço, aparecer a presidir o comício, até agora, o seu partido, não confirmou, oficialmente, ser ele o homem que se seguirá, com a saída de José Eduardo dos Santos.

Aliás, durante o último congresso do MPLA, o que ficou registado nas actas, é que o candidato do partido às próximas eleieções gerais, é José Eduardo dos Santos.

Mas, com João Lourenço, aparecendo este sábado liderando o comício nos 60 anos do MPLA, o partido no poder em Angola, não estará a confirmar aquilo que se disse na última semana, que é ele o futuro homem forte de Angola? O sucessor de José Eduardo dos Santos?

De Luanda,  o nosso correspondente, Avelino Miguel.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.