Acesso ao principal conteúdo
Angola

Luanda a capital inacessível

The Angolan capital, Luanda
The Angolan capital, Luanda Opan access/Fabio Vanin

A capital angolana é a cidade mais cara do mundo para os expatriados. As conclusões são da empresa alemã Movinga que realiza anualmente um estudo usado pelas organizações e governos a determinar determinar as estratégias de comparação para os seus colaboradores expatriados.  

Publicidade

Segundo a empresa alemã especialista em mudanças, Movinga, a cidade de Luanda com a media do custo de vida fixado nos 3.259.32 dólares, situa-se à frente de Nova-Iorque com 3.084.75 dólares e Londres 1.871.37 dólares.

O rankig que mede o custo comparativo de mais de 200 itens em cada local, incluindo habitação, transportes, comida, roupa, bens domésticos e entretenimento é realizado anualmente para ajudar empresas,organizações e governos a determinar estratégias de comparação para os seus colaboradores expatriados.

Esta já não é a primeira vez que a capital angolana é considerada a mais cara do mundo, no ano passado Luanda ocupava a segunda posição logo depois de Hong Kong.

Uma realidade que acaba por se fazer sentir no dia a dia da população que vive na maior parte das vezes como menos de um dólar por dia e que se vê obrigada a recorrer à economia paralela para sobreviver. Acrescenta-se ainda da quebra das receitas do petróleo que tem contribuído em muito para a grave crise económica e financeira que se instalou no país nos últimos dois anos.

Correspondência de Avelino Miguel

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.