Acesso ao principal conteúdo
Angola / Greve

Greve da ELISAL poderá piorar situação em Luanda

Trabalhadores da ELISAL, em Luanda
Trabalhadores da ELISAL, em Luanda DR

A cidade de Luanda vive graves problemas de energia, água potável esaneamento básico, mas poderá conhecer piores dias com o início previsto para hoje de maisum movimento reivindicativo da empresa de recolha de lixo, a Elisal.

Publicidade

A capital angolana, que foi assolada recentemente por uma epidemia de Febre Amarela, regista casos de Cólera, e o aumento do número de doentes com Malária.

Por outro lado, as chuvas torrenciais que cairam sobre Luanda nas últimas vinte e quatro horas, causaram cerca de 11 mortos, inundações, e destruiram mais de 500 residências.

Os hospitais da cidade, já confrontados com a falta de medicamentos e material gastável, devido à crise financeira que conhece Angola, registam um grande movimento de doentes, na sua maioria crianças.

Avelino Miguel, de Luanda para a RFI

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.