Acesso ao principal conteúdo
Vida em França

José Eduardo Agualusa "agora posso dizer que sou escritor"

Áudio 11:30
Éditions Métailié

As edições Métailié lançaram no passado dia 6 de Abril a tradução do livro do escritor angolano José Eduardo Agualusa de 2014 "A rainha Ginga e de como os africanos inventaram o mundo", o sexto livro do autor traduzido para francês.A rainha Nzinga Mbandi, baptizada sob o nome Dona Ana de Sousa, comandou exércitos, se fazia chamar rei ou "ngola" um título real em língua Kimbundu, tinha um harém de homens vestidos de mulher, viveu entre 1582 e 1663, uma longevidade extremamente longa para a época.Ela reinou no Ndongo e Matamba, hoje Malanje, no leste de Angola, vassalos do poderoso Reino do Congo, numa época conturbada, escravocrata e em plena Inquisição na colónia Protugal, então sob domínio espanhol.Os relatos da sua extrema inteligência e crueldade, traições, alianças, casamentos e mesmo dupla conversão ao cristianismo, tudo por mera estratégia, abundam neste romance histórico ficcionado, através do qual José Eduardo Agualusa pretende dar uma versão africana, com detalhes, datas e façanhas dessa época, relatadas por personagens fortes e transversais entre Angola, Brasil e Portugal, países entre os quais o autor se desloca frequentemente. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.