Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Sondagem prevê mudança do cenário político angolano

Áudio 08:07
O edifício-sede da Assembleia Nacional de Angola
O edifício-sede da Assembleia Nacional de Angola PAULO CUNHA/LUSA

A campanha eleitoral angolana arrancou no passado domingo. No dia 19 de Julho, o Instituto Superior Politécnico Jean Piaget de Benguela em parceria com o Instituto Superior Politécnico Sol Nascente do Huambo e o apoio da Universidade Católica Portuguesa divulgaram uma sondagem na qual foram questionadas 5742 pessoas de 8 províncias angolanas, de várias faixas etárias e níveis de escolaridade.Segundo o coordenador da sondagem e director geral do Instituto Superior Politécnico Jean Piaget de Benguela Carlos Pacatolo, são levantados vários dados, nomeadamente, a maioria 61% dos inquiridos tencionam votar no MPLA, no poder, 19 % na CASA CE e 15% na UNITA.A Unita que já teve acesso ao estudo ao qual não atribuiu credibilidade.Entre os mais de nove milhões de eleitores, 77% têm entre 18 e 44 anos, é nesta faixa que se encontram maior números eleitores que não votam no partido no poder há 42 anos descreve Carlos Pacatolo, o coordenador desta sondagem.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.