Acesso ao principal conteúdo
Angola

Oposição angolana acusa novo Presidente de enganar o povo

Abel Chivukuvuku, líder da CASA-CE, que acusa novo governo de enganar povo angolano
Abel Chivukuvuku, líder da CASA-CE, que acusa novo governo de enganar povo angolano Neidy Ribeiro/RFI

Mal tomou hoje posse o governo do novo Presidente de Angola, João Lourenço, a oposição da CASA-CE, acusou o chefe de Estado de ter "mais uma vez enganado" o povo, com o novo governo, que mais não é que "continuação do aparelho do Estado, as mesmas pessoas que levaram à delapidação do país". O presidente, do seu lado, pediu união e confiança.

Publicidade

Angola, tem um novo governo, saído das recentes eleições gerais e um novo Presidente, João Lourenço, que deu posse hoje, (30) ao executivo, que para a oposição da CASA-CE, terceira força política, não passa de "continuação" do antigo poder.

A CASA-CE, de Abel Chivukuvuku, acusa o Presidente, João Lourenço, de ter "mais uma vez enganado" o povo com o novo governo, que é continuação do aparelho do Estado do mesmo partido, com as mesmas pessoas, as mesmas práticas e vícios, que ao longo de décadas, levaram à delapidação do país".

"O autoritarismo e a má governação perpetrados pelo partido no poder há décadas retrocedeu o país, levando os angolanos a uma condição de indigência, coabitando com a pobreza extrema e a miséria", sublinha a CASA-CE, num comunicado.

Por seu lado a UNITA, segunda maior força da oposição, declarou que este governo "é uma clara aposta na continuidade" e João Lourenço, "apostou igualmente na continuidade", ao nomear governadores das 18 províncias, por serem "rostos com desempenho conhecidos".

Para o porta-voz da UNITA, Alcides Sakala, não se "espera muita coisa nesta nova configuração política a nível do governo".

Num tom oposto às críticas da oposição, o Presidente angolano, João Lourenço, tinha pedido, durante as cerimónias de tomada de posse dos ministros, "união e confiança", argumentando, que sabe que tem "os olhos, não só dos angolanos, mas também os olhos do mundo", no novo executivo.

Sobre este ponto, oiçamos as palavras do chefe do Estado angolano, João Lourenço, durante a cerimónia de posse de hoje, acompanhada pelo jornalista, Daniel Frederico, em serviço especial para a RFI.

 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.