Acesso ao principal conteúdo
Convidado

11 de Novembro angolano sob o prisma das artes

Áudio 13:04
Cartaz AKAA
Cartaz AKAA AKAA

Há precisamente 42 anos, a 11 de Novembro de 1975, Agostinho Neto concretizava o estabelecido no Acordo de Alvor, 10 meses antes e assim, neste dia, nascia a República Popular de Angola.Ficam histórias e entre elas a de um bolo. No jantar de celebração da Independência, no Palácio, Agostinho Neto terá recebido de presente um bolo em forma de mapa angolano. Agradeceu, mas disse-se incapaz de cortar o país.Numa altura em que decorre em Paris, a segunda edição da Feira Internacional de arte contemporânea e design africano Also Know As Africa (AKAA). Fomos descobrir entre os 38 galeristas, 150 artistas oriundos de 28 países, galeristas e artistas angolanos presentes nos Carreau du Temple.Qual o significado desta data para o director-geral da galeria angolana Espaço Luanda Arte (ELA), Dominick Tanner ? Esta foi uma das questões que lhe colocámos.Param além dos trabalhos de António Ole, Paulo Kapela, Sueki, encontramos o artista plástico luso-angolano Pedro Pires que expõe desenhos de fogo nos quais constrói figuras e a figura humana em movimento. O contraste entre a realidade de Luanda e Lisboa e as dificuldades de integração conduziram-no artisticamente a esta questão da identidade.This Is Not A White Club é uma jovem galeria angolana, criada há um ano, a responsável pelo projecto Sónia Ribeiro descreve a primeira presença nesta feira parisiense que representa obras de Ana Silva, Nelo Teixeira e Januário Jano.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.