Acesso ao principal conteúdo
Futebol

Landú: "Queremos fazer história no CHAN"

Landú, guarda-redes angolano (esquerda), durante o jogo Angola-Camarões em Agadir, Marrocos, a 20 de Janeiro de 2018.
Landú, guarda-redes angolano (esquerda), durante o jogo Angola-Camarões em Agadir, Marrocos, a 20 de Janeiro de 2018. Pierre René-Worms/RFI

A Selecção Angolana derrotou por 1-0 os Camarões, no sábado 20 de Janeiro, num jogo a contar para a segunda jornada do CHAN, Campeonato africano das nações interno, unicamente reservado aos jogadores que actuam nos próprios países, que decorre em Marrocos.

Publicidade

Os Palancas Negras estão muito próximos de carimbar o passaporte para os quartos-de-final do CHAN. Angola venceu, ontem em Agadir, os Camarões por 1-0, num jogo a contar para a segunda jornada do Grupo D, enquanto no outro encontro, o Congo Brazzaville derrotou por 2-0 o Burkina Faso.

Na tabela classificativa, o Congo lidera com 6 pontos, e já está apurado para os quartos, à frente de Angola com quatro, do Burkina Faso com um ponto e dos Camarões que ainda não pontuaram e estão eliminados.

No último encontro desta fase de grupos, os angolanos defrontam o Congo Brazzaville a 24 de Janeiro, para tentar carimbar o passaporte para a próxima fase.

Landú, guarda-redes angolano que actua no Interclube, estava feliz pela vitória e admitiu que Angola entrou na prova com ambições elevadas. Entrevista realizada pelo nosso enviado especial, Farid Achache.

Os dois primeiros de cada grupo apuram-se para os quartos-de-final da prova.

O quinto CHAN decorre em Marrocos até 4 de Fevereiro com jogadores oriundos dos campeonatos africanos.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.