Acesso ao principal conteúdo
CPLP

CPLP: França foi aceite como observador associado

Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP
Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP CPLP

A CPLP aprovou a concessão da categoria de Observador Associado a oito países, incluindo França e Reino Unido, e a uma organização internacional.

Publicidade

Os Estados-membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa aprovaram a concessão da categoria de Observador Associado do bloco ao Luxemburgo, Andorra, Reino Unido, Argentina, Sérvia, Chile, França, Itália, e à Organização de Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura.

A França foi um dos nove observadores aceites na CPLP na Cimeira do Sal. A diplomata francesa Aude de Amorim esteve na base deste pedido de adesão e ressalva que o processo significa que a França reconhece a “importância politica e internacional da língua portuguesa”.

“Nós temos muitas ligações ao mundo lusófono, em todos os continentes e em todos países da CPLP. Também temos uma comunidade francesa de origem portuguesa ou de origem de Cabo Verde ou de outros países da lusofonia que moram em França. Eles podem sentir-se muito honrados e felizes de sentir que a França reconhece a importância política e internacional da língua portuguesa”.

 

 

 

 

A XII Cimeira de Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, decorreu a 17 e 18 a ilha do Sal, Cabo Verde. No encontro, Cabo Verde assumiu a presidência rotativa da organização, por um período de dois anos, com o lema "Cultura, Pessoas e Oceanos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.